Ligue agora +55 21 3988 6751 :: +55 21 97163 2879 ou MANDE UM EMAIL

Liberação Tecidual Funcional: para o pós-operatório da Lipoaspiração

Home : : Blog : : Liberação Tecidual Funcional: para o pós-operatório da Lipoaspiração

04/04/2018 | Blog | Bianca Ohana



Gostaria de falar sobre alguns conceitos atuais e modernos em pós lipoaspiração, dentre eles está a Liberação Tecidual Funcional, que serve não apenas para a lipoaspiração e é feita por fisioterapeuta. Pedi para a idealizadora dessa terapia, a fisioterapeuta Mariane Altamare, para explicar o assunto:
A liberação tecidual funcional é conceito de tratamento manual específico para fibroses e aderências, respaldado pelas pesquisas científicas nas áreas do reparo tecidual, da mecanobiologia e da neurofisiologia dos tecidos conjuntivos.
Foi idealizada e disseminada por mim durante a faculdade de fisioterapia, e está no mercado desde 2001 como o tratamento mais eficaz para fibroses e aderências. Tem por objetivo principal normalizar o equilíbrio mecanobiológico dos tecidos, devolvendo a funcionalidade através da normalização da flexibilidade e do metabolismo tecidual.
Para que o metabolismo corporal ocorra adequadamente, é necessário que as estruturas que compõe nossos tecidos estejam organizadas fisiologicamente. Quando esta situação não acontece, várias alterações são percebidas, como por exemplo: dores, retrações, inchaço.
O tratamento com a LTF é realizado de acordo com uma criteriosa avaliação de cada caso, e pode ser preconizado de diversas formas, sempre com a indicação específica. Pode ser 1 a 2 vezes por semana, de 15 em 15 dias, até 1 vez ao mês, de acordo com cada situação.
Essa variação de tempo entre as aplicações é importante para que o tecido tenha tempo adequado de responder ao estímulo que a técnica promove. 
Fibroses que foram tratadas com recursos que aumentam a síntese de colágeno, ou que são muito agressivos/traumáticos para os tecidos, geralmente precisam de um espaço maior entre as sessões para que se consiga normalizar o metabolismo das células que estão super estimuladas.

sua indicação principal é em cirurgias plásticas, onde os tecidos sofrem um dano estrutural e evoluem com a formação de tecido cicatricial. Esse tecido necessita ser reorganizado para que se obtenha resultados estéticos e funcionais. Mas a técnica tem ganho espaço muito além da cirurgia plástica, e vem cada dia se mostrando eficaz nas mais diversas áreas da fisioterapia, quando são identificadas limitações funcionais decorrentes da presença de cicatrizes, fibroses e aderências.
Vale lembrar que a estrutura do tecido cicatricial é formada por deposição excessiva dos componentes da matriz extracelular, principalmente o colágeno, e tratamentos que tenham seu efeito fisiológico em incentivar essa síntese, na verdade, estarão formando ainda mais tecido cicatricial, produzindo ainda mais fibroses. 
O tratamento efetivo proposto pela LTF se dá através da normalização do ambiente mecanobiológico tecidual (equilíbrio de cargas mecânicas instrínsecas, também chamado off-loading), sem provocar a síntese, sem dor (respeitando a neurofisiologia) para estimular respostas adaptativas do organismo. Age também na condução ao processo de cura e devolução da mobilidade e funcionalidade, alcançando assim, o resultado esperado.
Uma vez que o cirurgião e o paciente percebem os resultados de um tratamento adequado, a fisioterapia torna-se praticamente obrigatória, e assim um complemento indispensável para o sucesso da cirurgia.
Desde sua idealização até os dias de hoje, a LTF passou por diversas modificações, sendo aprimorada e ajustada a cada novo conhecimento adquirido baseando-se nas atualizações científicas.
Detalhes da LTF: ??NÃO dói;
??NÃO é realizada com cremes;
??Não é através de alongamento contínuo e prolongado, como descrita há mais de 10 anos; ??NÃO PODE SER ASSOCIADA AO USO DE EQUIPAMENTOS.
??Os resultados são rápidos e efetivos quando aplicada adequadamente. O profissional que oferece LTF associada a equipamentos não está apto a utilizar o conceito.
??Como qualquer terapia manual, exige não só formação adequada, como habilidade do terapeuta.





Posts Relacionados


Ligue agora +55 21 3988 6751 :: +55 21 97163 2879 ou MANDE UM EMAIL


  • Rio de Janeiro RJ.

    Rua Visconde de Pirajá, 595.
    Sala 1306 - Ipanema.
    Cep: 22410-003
    Telefone: +55 21 3988 6751

Copyright - Dra.Bianca Ohana - Todos os direitos reservados

Membro de:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica International Society of Aesthetic Plastic Surgery